Taxa de cesarianas aumenta e atinge o maior valor desde 2010
May 21, 2021
Brinquedos pedagógicos e sustentáveis: BabyLoop x RiXavi
June 8, 2021

5 Considerações a Ter Antes de Mudar de Casa com Crianças

Pais a fazer a mudança de casa com os filhos

Conteúdo Comercial                     

A mudança para uma nova habitação tende a ser um processo relativamente moroso e desafiante. Acrescente-se o ingrediente mais enriquecedor das nossas vidas, ou seja, as nossas crianças, e toda esta nova aventura obedece no imediato a um conjunto de regras muito específicas.

Para atenuar os efeitos adversos da mudança, existem algumas dicas simples de levar a cabo e pensadas para reduzir a ansiedade dos mais pequenos.

Encontre-as listadas de seguida e aplique-as se necessário de forma a tornar o processo o mais suave quanto possível.

1. Um alojamento temporário

Entre a quantidade de itens embalados em caixas e móveis, todo o processo físico de mudar de casa com crianças pode ser stressante para pais e filhos. É recomendável que, enquanto a mudança final é levada a cabo, eles possam permanecer em casa de familiares ou amigos próximos, se necessário.

2. Seja transparente acerca da mudança

É importante comunicar de forma clara com os nossos filhos acerca do processo de mudança. Este pode ser traumático para as crianças se tentar evitar o tema por completo até ao último minuto. É importante que cubra as diversas áreas da vida das crianças que sofrerão alterações, focando-se mais nos pontos positivos do que negativos.

3. Familiarize as crianças com a nova casa

Antigamente, o processo ideal antes de mudar de casa com crianças passava por apresentar-lhes o imóvel atempadamente e estimular a imaginação deles quanto a todas as brincadeiras e diversão que ali iriam ter lugar. Agora, todo esse processo pode ser simplificado através de uma visita virtual através da internet, ao visitar o imóvel antes de o comprar. Encontra este tipo de tecnologia em muitos anúncios de plataformas como a Imovirtual.

4. Escolha a altura certa

Já havia mencionado que o processo de mudar de casa com crianças deve ser efetuado de forma subtil para impactar ao mínimo a rotina familiar. Apesar de ambos os conceitos parecerem incompatíveis, um fator atenuante passa por observar alturas específicas do ano, tais como o término do ano letivo, por exemplo.

5. Artigos de conforto para o final

Na ânsia de empacotar a sua vida, não minimize a importância dos brinquedos mais relevantes na vida dos seus filhos. Pode ser o ursinho de peluche ou aquele camião com que está sempre a brincar. Ou ambos. Esses, caso tenham mesmo de ser empacotados, devem sempre ficar para o final para tornar toda a transição o mais agradável possível.

Para mudar de casa com crianças de forma serena, o ideal mesmo é adotar uma comunicação clara com os mais pequenos e não lhes fazer promessas de maior. A nova casa seguramente trará motivos suficientes de alegria e é positivo estimulá-los no sentido da novidade.

Acima de tudo, a experiência pode efetivamente ser levada a cabo como uma oportunidade divertida para toda a família se juntar em redor do objetivo de um novo começo. Faça o que fizer, não empacote o ursinho de peluche antes de tudo o resto.

Marco Rola

Quer do conforto de um sofá ou a partir de uma esplanada insular, Marco Rola, 39 anos, escreve regra geral bem-humorado e com particular fascínio acerca de áreas tão díspares como o mercado imobiliário, tecnologia, iGaming, interação humana e o que nos motiva enquanto indivíduos.