Mãe a dar de mamar ao bebé
Recuperação pós-parto
May 6, 2020
Já pode matricular os seus filhos no pré-escolar e no 1.º ano
May 8, 2020

COVID-19: Cuidados com os alimentos

Bebé a comer
 
O Estado de Emergência terminou e o processo de desconfinamento já está em marcha. Contudo, os cuidados devem ser acrescidos, uma vez que ainda permanece o Estado de Calamidade e o vírus ainda não se extinguiu. É natural que, com o aparecimento da COVID-19, as pessoas tenham alterado os seus comportamentos de compra e consumo de alimentos. Para o ajudar, enumerámos alguns tópicos, segundo as recomendações da Direção-Geral da Saúde, que deve ter em consideração.


Compra de alimentos

Nesta altura, é importante que assegure as necessidades alimentares por um período mais longo de tempo, de forma a evitar as deslocações frequentes ao supermercado. É importante que adote uma compra responsável de alimentos, tendo em conta a gestão de stock do supermercado e evitando as compras em quantidades exageradas.

Para evitar que isso aconteça:
— Perceba os alimentos que tem em casa.
— Faça uma lista com os alimentos que precisa de comprar.
— Verifique que compra todos os alimentos que colocou na lista.
— Opte por alimentos com um prazo de validade mais alargado.


Momento da compra

As idas ao supermercado devem ser feitas em segurança, com todas as precauções necessárias, minimizando o risco de infeção para si e para os que estão ao seu redor. Para isso, existem alguns cuidados que devem ter em atenção, nomeadamente:
• Higienizar as mãos antes de ir às compras e, se possível, utilizar luvas.
• Evitar qualquer tipo de manuseamento nos produtos, exceto quando os coloca no carrinho ou no cesto.
• Cumprir a distância de segurança de pelo menos dois metros.
• Utilizar uma máscara.
• Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos.
• Se tiver luvas, deve deitá-las no lixo imediatamente a seguir às compras e higienizar as mãos.


Ao chegar a casa, depois da ida ao supermercado:

1. Comece por higienizar bem as mãos e retirar os alimentos de dentro dos sacos;
2. Coloque-os numa superfície limpa e desinfetada;
3. Lembre-se que também deve higienizar os sacos reutilizáveis;
4. Lave bem as frutas e os legumes. No caso de utilizar líquido desinfetante para alimentos, terá de os passar por água corrente a seguir, para eliminar os resíduos;


Transmissão do vírus através dos alimentos

Apesar de não existirem evidências de contaminação através do consumo de alimentos cozinhados ou crus, é importante que sejam reforçadas as boas práticas de higienização e segurança alimentar durante a preparação e confeção dos alimentos. Nesse sentido deve:
• Higienizar frequentemente as mãos.
• Desinfetar as bancadas com produtos apropriados.
• Lavar adequadamente os alimentos crus.
• Evitar a contaminação entre alimentos crus e alimentos cozinhados.
• Cozinhar bem os alimentos, para evitar contágios por microrganismos.
• Evitar a partilha de alimentos ou objetos.


Reforço do sistema imunitário

Um estado nutriocional e de hidratação adequados contribuem, de um modo geral, para um sistema imunitário otimizado e para uma melhor recuperação dos indivíduos em situação de doença. Para isso, é necessária uma alimentação equilibrada com a presença de vários nutrientes.


Alimentação saudável

A alimentação deve ser completa, variada e equilibrada, sobretudo se está grávida. Siga os princípios da roda dos alimentos, comendo alimentos de cada um dos grupos e beba água diariamente.
Pode variar ao longo do dia, consumindo alimentos de cada um dos grupos. Lembre-se que deve ingerir em maior quantidade, os grupos de maior dimensão e em menor quantidade, os grupos de menor dimensão.

 

Aleitamento materno

Segundo a Direção-Geral da Saúde, até ao momento, não existem evidências de que o vírus SARS-CoV2 possa ser transmitido pelas mães através do aleitamento materno, visto que os benefícios da amamentação são maiores do que os potenciais riscos de transmissão da COVID-19. Por isso, a amamentação deve ser mantida desde que sejam asseguradas as boas práticas de higiene, tomando todas as precauções necessárias para evitar a transmissão do vírus ao bebé.

Cuidados a adotar:

• Higienizar frequentemente as mãos, antes e depois de amamentar.
• Utilizar uma máscara facial durante a amamentação.
• Evitar tocar na boca, nariz e olhos da criança.
• Limpar e desinfetar todos os objetos e superfícies usados.
• No caso de optar por extrair o leite com uma bomba, deve higienizar bem as mãos antes de tocar na bomba ou no biberão.

 

Acompanhe as redes da BabyLoop para conteúdo adicional!