Criança a fazer Yoga
Benefícios do ioga e meditação para crianças perante as limitações vividas
March 30, 2020
Família reunida a jogar
6 Atividades para fazer em família
April 3, 2020

COVID-19: Mito ou Verdade?

Retrato de um bebé
 
Desde a emergência da doença provocada pelo SARS-CoV-2 (chamada de COVID-19), vários estudos e notícias têm vindo a ser divulgados. A informação é atualizada diariamente e, este facto, leva ao desenvolvimento de dúvidas e perguntas em cada um de nós. A constante partilha de informação resulta muitas vezes em fake news. Uma das formas de combater este cenário é procurar informação em páginas de fontes oficiais como a Organização Mundial de Saúde (World Health Organization) ou a Direção Geral de Saúde (DGS). Neste sentido, recolhemos informação a partir destas fontes e iremos hoje desmistificar alguns mitos.


1. Não é seguro receber encomendas de áreas onde a COVID-19 foi reportada – Mito

A probabilidade de uma pessoa infetada contaminar bens comerciais é muito reduzida e o risco de ser contaminado através de uma embalagem que foi movida, transportadas e exposta a diferentes condições de armazenamento e temperatura é, igualmente, reduzida.


2. É expectável que o surto de COVID-19 diminua com o verão – Desconhecido

Não se sabe se a transmissão na Europa irá decrescer no verão do hemisfério Norte, tal com acontece com a gripe sazonal. No entanto, pela experiência com coronavírus comuns, é conhecido que estes têm uma menor sobrevivência quando a temperatura é mais alta e o ar mais seco. No entanto, ainda é imprevisível se tal ira acontecer com SARS-CoV-2.


3. O novo coronavírus não é transmitido por mosquitos – Verdade

Até à data, não existe qualquer evidência de que o vírus possa ser transmitido através de picada de mosquitos.


4. Quem teve gripe A no passado está imune ao SARS-CoV-2? – Mito

O vírus da gripe A e o vírus que causa a COVID-19 são bastante diferentes. Portanto, a imunidade à gripe não confere imunidade ao SARS-CoV-2.


5. Tomei a vacina da gripe, estou protegido? – Mito

A resposta a esta pergunta baseia-se na resposta da pergunta 4. São dois vírus diferentes pelo que a imunidade conferida pela vacina da gripe não protege da COVID-19.


6. A COVID-19 é mais contagiosa do que a infeção por influenza? – Verdade

No caso do SARS-CoV-2 estima-se que, em média, uma pessoa infete 2,6 pessoas (num cenário sem medidas de controlo de infeção como por exemplo, lavar as mãos ou distanciamento social). O mesmo indicador para vírus influenza está estimado em 1,5 pessoas no período de gripe sazonal, ainda que varie conforme o vírus em circulação.


7. Os antibióticos são efetivos a prevenir e tratar o novo coronavírus? – Mito

Os antibióticos são usados no tratamento de doenças causadas por bactérias, e não têm qualquer efeito em doenças causadas por vírus. Podem, no entanto, existir situações de sobreinfeção bacteriana em que esteja indicado o uso de antibióticos. A abordagem de um doente com COVID¬-19, especialmente a abordagem do doente crítico, deverá ser multidisciplinar e decidida caso a caso. Usar antibióticos como prevenção não estão indicados e levam a agravamento das resistências bacterianas.


8. Se conseguir suster a respiração durante 10 segundos, significa que não estou infetado – Mito

Não há nenhuma evidencia científica que comprove esta informação.
 


Acompanhe as redes da BabyLoop para conteúdo adicional!