Crianças
Psicomotricidade, para que te queremos?
September 21, 2020
Bebé a dormir
Sonhos: Como podem afetar o sono?
September 25, 2020

Constipações e Infeções Respiratórias Superiores

Médica Pediatra
 
Com o início do tempo frio aumenta a circulação de vírus respiratórios e surgem nas crianças os “ranhos”, a “tosse” e “as febres” que tantas dores de cabeça dão aos pais! Veja como aliviar a criança, quando se preocupar e levar ao médico e como prevenir as constipações.


O que é uma constipação?

A nasofaringite aguda, vulgarmente chamada de constipação, é uma infeção respiratória superior vírica. Apresenta-se por espirros, nariz entupido e rinorreia (“ranho”), por vezes associados a febre, tosse e dor de garganta. Dura cerca de uma semana e é frequente associar-se a irritabilidade, redução do apetite e noites mal dormidas durante este período.


Qual é a causa?

Ao contrário do que vulgarmente se diz, as constipações não são provocadas por mudanças de temperatura ou correntes de ar! São infeções provocadas por vírus respiratórios que são mais comuns no outono e inverno.


Porque se constipam tantas vezes as crianças?

Tendo em conta que existe uma grande variedade de vírus respiratórios, é muito comum as crianças se constiparem com muita frequência, sobretudo durante os primeiros dois anos de vida, altura em que decorre o ganho imunitário.


Como se trata? Como posso parar a tosse do meu bebé?

O tratamento da nasofaringite aguda consiste no alívio dos sintomas, através do controlo da febre com medicamentos antipiréticos e numa boa higiene nasal.

A tosse consiste um mecanismo de defesa do organismo por forma a limpar as vias aéreas das infeções, por exemplo, assim tossir é benéfico! Muito frequentemente resulta da acumulação de secreções do nariz e vias áreas superiores que escorrem da parte de trás do nariz e garganta. Assim, procure fazer uma lavagem nasal frequente e abundante! Hidrate bem a bebé, dê de comer mais vezes e em menor quantidade (se necessário) e eleve a cabeceira da cama durante o sono.

Na maioria das situações, não está recomendado qualquer tipo de xarope para tratar a tosse, com antitússicos ou expetorantes. Podem mesmo agravar as infeções!
Como se trata de infeções víricas, os antibióticos também não apresentam qualquer indicação.


Quando devo levar o meu filho ao médico?

As infeções respiratórias são, na sua maioria infeções ligeiras e autolimitadas, sendo necessário apenas aliviar os sintomas das crianças no domicílio. No entanto, há situações que devem motivar a observação da criança pelo seu médico assistente:

• febre muito elevada
• recusa ou dificuldade na alimentação (comer menos de metade do seu habitual)
• vomitar frequentemente
• dificuldade respiratória (cansaço, respiração rápida e ofegante, gemido)
• tosse persistente que deixa o bebé roxo
• prostração ou sonolência excessiva


Como prevenir as infeções respiratórias?

Os vírus respiratórios são transmitidos através da inalação de partículas das secreções, após tosse ou espirro, através do contacto direto com pessoas constipadas ou através da manipulação de objetos contaminados como brinquedos.

Assim, lave as mãos com frequência, evite locais com muita gente e pouca ventilação, e sempre que possível evite contacto próximo com pessoas doentes.

Para além disso, mantenha o cumprimento do programa nacional de vacinação e mantenha o aleitamento materno!
 


Conheça os outros temas abordados pela Dra BabyLoop!

Marta Mesquita

A Doutora Marta Mesquita é formada em Medicina pela Universidade de Coimbra, sendo especializada em Pediatria Médica. Atualmente, exerce funções no Centro Hospitalar do Baixo Vouga.